Terça-feira, 10 de Fevereiro de 2009

Lembranças...

Hoje fui visitada por uma doce lembrança…

A lembrança de alguém que um dia percorria o meu corpo…
Que me dava carícias irrealizáveis…
Consigo ouvir a tua voz…
Então acredito que és tu…
Existes…
Ouço o teu nome…
A única coisa que ainda existe…
E continua a existir…
Apenas um som…
Abraço fortemente…
Simplesmente uma aragem de ar em que te convertes-te…
Beijo apaixonadamente…
Intensamente o nada…
Porque resolveste aparecer?
Já não consigo perceber se és uma lembrança…
Ou se nunca o deixas-te de ser um sonho…
Será que a nossa história foi invenção?
Será que algum dia cheguei a conhecer o teu corpo?
Será que nunca passou de uma ideia platónica evaporada no espaço?
Os meus desejos aparecem no que já não existe…
Tudo acabou um dia…
Será que chegou a começar…?
O fogo que ardia hoje é uma pedra de gelo…
A presença hoje já não é mais que uma ausência…

 

publicado por margarida às 22:15
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De NEOABJECCIONISMO a 25 de Fevereiro de 2009 às 22:32
Guida.
Penso que podemos dizer das lembranças, de um ser presente que se apaga, que já não arde nem aquece, ou de um ressurgimento antigo, o amor , este sentimento de ser , de algum modo, uma parte do todo, auto estimula-se enquanto é uma realidade, depois extingue-se. Se perdura, é porque deixou uma mágoa de não ter ido até ao fim, de não ter tido tempo de se evidenciar e de se consolidar.
Gosto muito de ler os teus poemas, porque me permitem dissertar sobre as pessoas, sobre os conceitos e ajudam-me a construir um perfil de mulher apaixonada.
Beijinhos


Comentar post

.Todas as fotos aqui publicadas são retiradas da web.SEJA ORIGINAL!!!! DIGA NÃO À CÓPIA... RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR!!!

https://1.bp.blogspot.com/_j3ubHZGDIqo/TTgaUuYnXlI/AAAAAAAAAg0/wGsttV7idGk/S220/Direitos_autorais_%25282%2529.png

.Os meus pensamentos não podem ser presos, levados pelo vento, muito menos cobertos pela areia...pois a liberdade está em sonhar, e o sonhar está na vontade e desejo de AMAR!!!

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.pensamentos recentes

. Olá

. Perder...

. E é isto....

. Preciso de ti...

. (Será) que quero saber?

. ...um dia...talvez...

. Seguir...

. Um sopro...

. Caminhos do destino...

. Tudo passa...

.pensamentos antigos

. Agosto 2015

. Setembro 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds