Quinta-feira, 17 de Abril de 2008

Quero amar-te

Quero amar-te diferente
Sem paixão, sem fogo
De repente
Quero amar-te

 Sem precisares dizer que me amas,
Mas  se o disseres, gostarei
Quero amar-te sem saudades
Mas, se elas me consumirem,
Sentirei junto contigo o peso deste amor
Quero amar-te sem tristeza,
Mas se ela chegar,
Adormecerei e sentirei nos teus braços

Quero fazer amor com as palavras
Quero marcar momentos só meus
Quero amar-te
Sem a certeza absoluta deste amor
Quero conquistar-te, quero
Explorar o teu corpo
Quero amar-te de uma forma diferente
Como uma estrela, uma crença.

 Quero amar-te como amantes
Que desnudam-se no fogo
Frenético do amor
Quero dançar no teu corpo e amanhecer a cantar
Quero navegar por ele, sem saber onde chegar
Quero dançar à chuva e secar-me no teu corpo.

 Como é pouco amar muito...
O amor que mais  sobrevive
Não é o que dura mais anos.
É o que têm mais Sonhos!!!

publicado por margarida às 15:19
link | comentar | favorito
1 comentário:
De eu. a 18 de Abril de 2008 às 00:43
é bom e chega a ser lindo,,dizer a alguem eu te amo...
eu te desejo,,eu nao te quero perder....
e sem saber se um dia chegaras a sentir esse corpo...
mas é bom amar atraves das palavras ,,do olhar..
tao simplesmente um sentimento,bem guardado,,bem cuidado.bem lapidado,,e com muito carinho.ternura,se faz o amor..
NO SILENCIO DE UMA PALAVRA PREVALECE A VOZ DE UM DOCE OLHAR..
BJSDCS


Comentar post

.Todas as fotos aqui publicadas são retiradas da web.SEJA ORIGINAL!!!! DIGA NÃO À CÓPIA... RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR!!!

https://1.bp.blogspot.com/_j3ubHZGDIqo/TTgaUuYnXlI/AAAAAAAAAg0/wGsttV7idGk/S220/Direitos_autorais_%25282%2529.png

.Os meus pensamentos não podem ser presos, levados pelo vento, muito menos cobertos pela areia...pois a liberdade está em sonhar, e o sonhar está na vontade e desejo de AMAR!!!

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.pensamentos recentes

. Olá

. Perder...

. E é isto....

. Preciso de ti...

. (Será) que quero saber?

. ...um dia...talvez...

. Seguir...

. Um sopro...

. Caminhos do destino...

. Tudo passa...

.pensamentos antigos

. Agosto 2015

. Setembro 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds