Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2007

Quero amar-te!!!

  

Quero amar-te
Com a ternura mansa da esperança adolescente.
Com a simplicidade das flores
Que nascem e morrem
Sem nunca serem vistas.
Com o mesmo ímpeto imprevisível
Dos pássaros que tombam
Após descreverem no espaço o círculo da morte.
Com a fúria da sede ardente do solo
Ao receber as primeiras gotas das chuvas de verão.
Com a fartura dos ventos
Que transportam pelas madrugadas
O dulcíssimo odor das raízes e resinas.
Quero amar-te
Com a inquietação cantante dos rios
Acariciando levemente a fímbria das margens.
Com a alegria surda e pura das nascentes
Abrindo caminho para o sol
Entre húmus e gravetos.
Quero amar-te
Com o mesmo orgulho da árvore
Ostentando o primeiro fruto.
Com todo o êxtase e vertigem
Da alma caída de amor
Com a tenebrosa força do estático silêncio
Dos grandes momentos
Que precedem os acontecimentos definitivos.
Quero amar-te e amarei-te
Com a mesma grandiosidade espetacular da vida
E a mesma intensidade atraente
Dos abismos da morte.

publicado por margarida às 17:31
link | comentar | favorito
2 comentários:
De eu.. a 13 de Dezembro de 2007 às 22:40
lindooooo.......
quando leio o q escreves..e fechos os olhos de seguida...
conssigo viajar,por dentro de cada palavra escrita..
imaginar o impossivel..se é q o impossivel existe..
atrever me a dizer ,,força ,continua..
nunca te desvies dos teus objetivos,nunca mudes.
acredita sempre em ti..parabens..
bjs dcs..


De Eunice a 14 de Dezembro de 2007 às 10:40
Tás mesmo mto romântica hoje ...
O amor faz-nos bem!!!!
Bjs grandes


Comentar post

.Todas as fotos aqui publicadas são retiradas da web.SEJA ORIGINAL!!!! DIGA NÃO À CÓPIA... RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR!!!

https://1.bp.blogspot.com/_j3ubHZGDIqo/TTgaUuYnXlI/AAAAAAAAAg0/wGsttV7idGk/S220/Direitos_autorais_%25282%2529.png

.Os meus pensamentos não podem ser presos, levados pelo vento, muito menos cobertos pela areia...pois a liberdade está em sonhar, e o sonhar está na vontade e desejo de AMAR!!!

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.pensamentos recentes

. Olá

. Perder...

. E é isto....

. Preciso de ti...

. (Será) que quero saber?

. ...um dia...talvez...

. Seguir...

. Um sopro...

. Caminhos do destino...

. Tudo passa...

.pensamentos antigos

. Agosto 2015

. Setembro 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

blogs SAPO

.subscrever feeds