Sábado, 31 de Maio de 2008

Liberdade!!!

 Liberdade para mim é mais ou menos assim....

É ver-me livre de todos os meus antigos vícios...
É desatar todos os nós..
E estar de bem com todos...
Mas principalmente quando estamos a sós!
É sobreviver a cada vendaval...
E ainda saborear cada pingo de chuva
Que caí em cada temporal...
É deixar os olhos chorarem...
E saber que amanhã os sorrisos iram voltar
É sofrer por todos os amores
Sejam eles quais forem...
Mas amar sempre com todo o sabor!
É em cada sofrimento ver o alinhamento
De voltar ao tempo de ser feliz...
É....
Para mim acho que é assim...
 A verdadeira LIBERDADE!!!

 A Liberdade, ao fim ao cabo, não é senão a capacidade de viver com as consequências das próprias decisões.
(James Mullen)

 

publicado por margarida às 10:41
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Sexta-feira, 30 de Maio de 2008

Ensina-me!!!

Sou bem mais que um pedaço de carne

Que cobre os ossos…
Mais que cabelos encaracolados
E de olhos castanhos…
Mais que uma margarida…
Com um monte de colinas
Ou com um par de bicos
Mais do que ancas e celulites
Mas com sonhos e fantasias…
Sou uma dor que dói todo o dia!
Sentimentos que teimam em aparecer…
Ensina-me a separar
O amor do desejo
A língua do beijo…
Por favor!!!
Ensina-me!!!
Tu que sentes sem o sentires
Que te entregas sem o permitires,
Ensina-me a ser feliz sem sorrir!!!

 

publicado por margarida às 21:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Intuição do amor

 Por não saber de ti,
Por intuição ou exclusão,
Adivinho-te, procuro-te nas minhas memórias,
E encontro-te nos sonhos mais loucos,
Nos desejos não revelados,
Os mais desejados...

Apenas procuro-te,
Assim, sem posse, sem querer ter,
Apenas me largar nos teus braços,
E no meio desse abraço envolvente,
Ser, estar e conviver.

Dividir o amor sem querer acertar na medida,
Não quero saber da razão,
Quero conjugar contigo,
O verbo permanecer.

No emaranhado dos pensamentos,
No calor desta noite que não queremos que termine,
Eu distraio-me, viajo em sonhos rápidos,
Vejo o mundo azul, o mar sereno.

O meu peito sem ansiedade,
Reflete este momento
E sinto paz...

Então,
Contemplo o tempo do amor,
Sem pressa, sem medo,
Por pura intuição.

Olho para o teu rosto,
Distraio-me e concluo;
Viver este momento com simplicidade,
É uma maneira de reafirmar;
Que acredito no amor.
Uma maneira de dizer:
EU AMO-TE!


Paulo Roberto Gaefke

 

 

publicado por margarida às 11:59
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|

Levanta-te!

 Levanta a cortina que os teus olhos têm!
Contempla as maravilhas do dia a amanhecer....
A vida é uma criança, esperta, bonita e inteligente!
Passa a correr...

É preciso estares atento para a veres!
Acredita na vida enquanto há tempo:
Não existe dor sem coragem,
Nem tristezas que se encontrem
Longe de uma alegria
Quanto a luz de cada dia?
Acorda para a vida,
E assim estarás a iluminar
Cada dia do teu amanhecer!

Poema - Ivone Boechat 

 

publicado por margarida às 09:36
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Quinta-feira, 29 de Maio de 2008

Vida!

A vida é simples
Tu é que a complicas
A vida é derradeira
A cada dia uma nova vida
A vida la dolce vita
Não é azeda, não é amarga
E se por vezes assim parece
É porque nós queremos
É porque nós travávamos
A vida é boêmia
É nostalgia
Por vezes quente
Por vezes fria
Conforme o clima
Pode nem ser nada
A vida é pink
A vida é blue
É branco, é preto
E por vezes nu
E se por vezes é
Incolor ou sem sabor
É porque nós queremos
É porque nós não a provamos
Pois só se pode
Reclamar de algo
Se tu reagires
Se tu ainda tentares
E se nunca tentas...nunca inventas

A vida passa por ti.
Arregaça as mangas
Que o sol já nasceu
E só tu é que ainda não acordas-te...
Acorda!
Acorda para vida!
Para a tua vida!
Salta da linha
É o comboio da vida
Salta da linha e apanha-o
Não te suicides
Apanha o comboio da vida
Pois ele só passa uma vez…

 

publicado por margarida às 21:11
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

À procura de ti....

 

 
  “.....Caminharei a noite inteira,
À procura de ti...
Não existira, nenhuma estrela,
Para guiar o meu caminho,
Todas elas se encontram imoveis no céu...
Caminharei a noite inteira,
À tua procura...
As estrelas, estão solitárias,
Tudo se encontra a dormir,
As luzes das casas, apagadas,
As vozes dos peregrinos desapareceram
Na distância sem fim....
Caminharei ansiosa à tua procura,
Mas, já estarei tão atrasada,
O tempo terá caminhado na minha frente,
Que será agora difícil encontrar a tua morada...
Cansada, encontrarei grandes cidades,
Mas o espaço que te pertence
Já tera desaparecido....
Não haverá nenhuma estrela
Para me mostrar o lugar onde te encontraras
Todas as estrelas estarão imoveis no céu....”
publicado por margarida às 08:29
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Quarta-feira, 28 de Maio de 2008

Sedução...

Que bom eu ter nascido mulher….

Posso sorrir no meio das minhas lágrimas
A desafiar a minha pura fragilidade…
Enquanto lutas com a tua força enganadora…
Que bom eu ter nascido mulher….
Posso olhar-te e dizer-te….
Amo-te sem nunca ter amado…
Amar-te e conseguir desprezar-te…
Porque debaixo do meu chapéu
Só eu sei da minha verdade….
Se o que te digo
É o que sinto…
Ou será que minto…
Ou é….pura piedade…!
publicado por margarida às 21:36
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
|
Terça-feira, 27 de Maio de 2008

Teu Olhar!!!

 O teu olhar...

Esconde mistérios
Esconde segredos...
Os meus desejos estão presos nesse teu olhar.

 Desejos fortes e incompreensíveis,
Invadem-me  e trazem-me felicidade
Rumores de sedução,
Causados por este forte desejo.

Que tento descobrir no teu olhar.
O meu coração dispara
Quando fixo os meus olhos nos teus. 

Com esse teu misterioso olhar,
O teu sorriso começa a desaparecer
E os meus pensamentos começam a ganhar asas...
Voam com o meu espírito
Que já está em chamas,
Chamas de vontade
De desvendar os mistérios
Que se esconde
Nesse Teu Olhar!!! 

 

publicado por margarida às 10:50
link do post | comentar | ver comentários (4) | favorito
|
Segunda-feira, 26 de Maio de 2008

Algum anjo acordou-me...

Hoje um anjo entrou no meu quarto!

Com um belo par de asas!
De rosto impecável!
Mãos macias!
Pele sensível!
E de voz suave!
Então ele acordou-me!
Eu, fiz questão, de trata-lo com frieza e tranquilidade, sem me impressionar muito!
Tinha que ser…era muito bonito!!.
Então ele perguntou-me:
Não estás espantada com minha beleza? Porque estas a agir com tanta maturidade?
Então eu respondi-lhe:
Já estou acostumada a lidar com coisas bonitas, dóceis, amorosas!
Ele espantado com olhos arregalados perguntou-me:
Quem será esse ser que te passa assim tanta paz! ao ponto de não te impressionares com um anjo?
E foi nesse momento que ergui o peito, e orgulhosa respondi-lhe:
Ele não é apenas belo, dócil, e amoroso.
Ele também assim como tu, tem o rosto impecável, mãos macias, pele sensível e a voz suave até, por sinal, mais que a tua!
Então ele afirmou:
Então ele não tem asas!
Disso posso orgulhar-me, não e?
Sarcasticamente dei uma gargalhada
Espantado, sem entender o motivo de tanto sarcástico! Perguntou-me:
Qual motivo desse sarcasmo!
Então eu disse:
Não, ele não tem asas! Mas, quando estamos juntos voamos tão alto que nem a tua imaginação pode nos alcançar!
Quando estamos separados, desafiamos a lei da física, porque ocupamos o mesmo lugar no espaço!
Mas a tal coisa mais bela que eu estou acostumada a ver não se trata apenas dele!
E sim do nosso amor! Que alem de belo, é forte, onde só o soberano Deus pode acabar! E mais ninguém!
Senhor anjo que nem o seu nome eu sei, se veio aqui para apenas me impressionar; perdeu a viagem!
Queira se retirar por gentileza, pois estava à sonhar com um anjo!

 

publicado por margarida às 21:43
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|
Domingo, 25 de Maio de 2008

Uma qualquer Rita...

 Tinha apenas 7 quando tudo aconteceu

O pai aproveitou-se e ela nem se apercebeu..

Rita, era a menina mais bonita

Flor em crescimento, a pura dolchevita

Durante a noite, no quarto dela via vulto

Rita, bem-vinda ao mundo dos adultos

Este foi o primeiro de muitos abusos

E quando o tempo passou, deixou vizinhos confusos

As idas ao hospital passaram a ser frequentes

Pois, acabavam em soro, marcas e tratamentos

Mas, Rita foi crescendo e guardando essa dor

Num sonho incolor cheio de raiva e rancor

Na vida a preto e branco, onde o preto predomina

Rita, a menina lá da esquina

O tempo passava e a menina não sorria

Porque, ela só chorava quando o pai a possuía

Porque ela só rezava para que tudo acabasse

Esse bandido trouxe-lhe um olhar basso

E a stora dizia que ela andava distraída

Pudera, vivia com um suicida

Quando dava o toque da campainha,

Ela não queria ir para casa e muito menos sozinha

Agarrava em lápis e pintava no caderno,

Uma casa com a morada do Inferno.

O código-postal era o 666,

Onde o Diabo a penetrava e ditava todas as leis

A TV da vida, onde se vê nu e cru

Não pintava o pai, ela pintava Berzebu

Pintava uma mãe imaginária a dourado

Imagem rotineira, ver o pai embriagado

E a palavra de ordem, agora

É sobreviver, porque ele não quer saber

E já nem lhe dá de comer

Não se preocupa,

Já nem se importa com ela

Rita, é um insecto

Vista à lupa, numa sela

Começada a crescer nesse clima hostil

Juntamente com uma besta, que adorava esse estilo

Um triste, que não tinha outro nome

É triste... Porque ele ainda tinha fome

E não te enganes que não é comida de mesa,

Porque ele era o predador

E a menina era a presa

Assim acontecia, não falhava a 6ª feira

Cumpria a profecia, com Cristo na cabeceira

Mas, além da 6ª, já era habitual...

Toda a semana, era o puro ritual

Mês, após mês

Ano, após ano

Vez, após vez

Ele tornou-se profano

Olhava-se no espelho,

E adorava o que via...

Rita, olhava o espelho

E detestava o que via!

Sentia-se inferior

Um olhar adormecido

Num filme de terror

Que não queria ter conhecido

O pior é que esse cobarde

Guardava o massacre em cassete

Filmava tudo, no fim publicava na net

Mas Rita aguentou só até aos 17

É melhor leres o resto, porque isto promete!

Um dia chega a casa virada do avesso

Pôs a mala no chão

E ao pé dela, pôs o terço

Rezou a Deus e antes de tudo,

Pediu perdão,

Ela tinha medo, mas

Tinha convicção

Com uma faca na mão,

À espera que ele entrasse

Queria acabar com tudo,

Antes que ele a penetrasse

Ele abre a porta e diz:

"Desculpa o que tenho feito!

Mas com a morte da tua mãe

Eu perdi o teu respeito.

Nunca fui perfeito

Perdoa-me ter-te tocado!"

Ela espeta-lhe a faca e diz:

"Estás perdoado!"

Isto é para toda a gente que já foi abusada por esses

parasitas

Porque há por aí muitas Rita's!

 

Isto é uma música dos "Strata G" chama-se "Rita"

E foi-me dada a conhecer pela minha filha.

Graças a Deus que não é uma Rita,

Mas… quantas Rita`s andam com ela na escola (?!)

 

 

publicado por margarida às 22:14
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|

.Todas as fotos aqui publicadas são retiradas da web.SEJA ORIGINAL!!!! DIGA NÃO À CÓPIA... RESPEITE OS DIREITOS DE AUTOR!!!

http://4.bp.blogspot.com/_j3ubHZGDIqo/TTgaUuYnXlI/AAAAAAAAAg0/wGsttV7idGk/S220/Direitos_autorais_%25282%2529.png

.Os meus pensamentos não podem ser presos, levados pelo vento, muito menos cobertos pela areia...pois a liberdade está em sonhar, e o sonhar está na vontade e desejo de AMAR!!!

.visitas ao meu blog

Megafortune

.Agosto 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


.pensamentos recentes

. Olá

. Perder...

. E é isto....

. Preciso de ti...

. (Será) que quero saber?

. ...um dia...talvez...

. Seguir...

. Um sopro...

. Caminhos do destino...

. Tudo passa...

.pensamentos antigos

. Agosto 2015

. Setembro 2014

. Fevereiro 2014

. Novembro 2013

. Setembro 2013

. Junho 2013

. Maio 2013

. Abril 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Janeiro 2013

. Dezembro 2012

. Novembro 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

.Se a minha vida fosse como uma folha colorida porque razão deveria apagar as mensagens que escrevo?

.Amar é uma ocasião sublime, onde se perde de si o fio da razão e permanece a intensa claridade da contemplação do prazer.


Myspace Layouts Facebook Themes

.Saibas ser tu em tudo que fizeres. Saibas ser feliz e infeliz. Enfim, convença-te de que apesar de falhares algumas vezes tu, continuas a ser importante!


Myspace Layouts Facebook Themes

.O momento mais forte do amor, é quando sabemos que ele precisa morrer, mas não temos força para matá-lo.

.O valor das coisas não está no tempo em que elas duram, mas na intensidade com que acontecem. Por isso existem momentos inesquecíveis, coisas inexplicáveis e pessoas incomparáveis.


Myspace Layouts Facebook Themes

.A luz que ilumina meu interior só é forte quando recebe o brilho do teu amor.


Myspace Layouts Facebook Themes

.Palavras são perdidas, promessas são esquecidas, papéis e cartas apodrecem mas o verdadeiro amor é o que permanece...


Myspace Layouts Facebook Themes

.Há momentos na vida em que se deveria calar e deixar que o silêncio falasse ao coração, pois há sentimentos que a linguagem não expressa e há emoções que as palavras não sabem traduzir.


Get your own glitter and more at BlingyBlob.com
Estou no Blog.com.pt
blogs SAPO

.subscrever feeds